Liturgia Diária 18/12/16

Liturgia Diária 18/12/16 (domingo) – Mateus 1, 18-24.

Boa tarde. REFLEXÃO DA HELENA SERPA

“Foi a Palavra de Deus que fez com que José assumisse a sua missão de protagonista da salvação.

Conhecer a Palavra do Senhor é, pois, algo imprescindível para a nossa caminhada de filhos e filhas de Deus.

Dificilmente José teria aceitado aquela situação se não lhe fosse revelado o mistério da concepção de Jesus, pelo poder do Espírito Santo.

Quando apareceu em sonho a José o anjo do Senhor se referiu à profecia de Isaías para confirmar a origem do filho que havia sido concebido no seio de Maria.

Sendo ele, portanto, um homem que tinha intimidade com a Escritura Sagrada, ao acordar não teve mais dúvidas em fazer como o anjo do Senhor lhe havia ordenado.

A Bíblia é como um receituário que nos prescreve o remédio e a solução certa para todas as nossas necessidades.

No entanto, precisa ficar bem claro na nossa mente que não nos basta abri-La quando estamos precisando de alguma coisa, pois assim não saberíamos encontrar o que desejamos.

A Palavra precisa estar gravada no nosso coração, na nossa mente e em nossas mãos, isto é, entranhada na nossa vida de modo que sejamos movidos por Ela, nos pensamentos, sentimentos e ações.

Porém, sabemos que Deus nunca invade a nossa vida quando precisa de nós para realizar qualquer obra.

De alguma forma, ele nos envia mensageiros para apascentar o nosso coração.

Se estivermos atentos aos Seus sinais iremos descobrindo o rumo que Ele quer dar à nossa vida.

Todavia, precisamos sempre ter o cuidado de confirmar os acenos que recebemos na Palavra do Senhor a fim de que o nosso coração esteja em paz e nós possamos caminhar seguros.

O exemplo de José e Maria é para nós o maior testemunho de fé na Palavra de Deus, por isso, precisamos segui-lo.”

x-x-x-x-x-x-x

E seguindo a reflexão de nossa irmã em Cristo, Helena Serpa, esta nossa necessidade de conhecermos a Palavra e de darmos o nosso SIM às coisas de Deus é sempre nos colocada à nossa frente, e peço ao Espírito Santo que nos dê a sabedoria e discernimento para compreendermos e a fortaleza e fé para nos aventurarmos nos seus caminhos.

E eu gostaria da permissão de todos, mas, em especial neste 4º Domingo do Advento, em nossa comunidade paroquial Deus chamou pelo nome pessoas que aceitaram a dar um novo passo em sua caminhada em prol da Igreja e do Reino, onde se aventurarão no Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão, levando o Corpo do Senhor e fazendo comunhão àqueles que mais precisam.

Não diferente disso, outros entregaram o seu Ministério, é verdade, mas não porque desistiram, mas porque, Deus os chamou para se aventurarem em outra função, em outra pastoral, em outro serviço, onde que novamente, o Senhor os chamará pelo nome, pois, Ele, Deus, conhecendo seus corações, sabe que o chamado a eles feitos serão prontamente atendidos, pois ali, o Espírito Santo fez morada.

Agora, para todos nós que estamos em novas missões, ou no Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão ou nas diversas pastorais e serviços de nossa paróquia, um pequeno alerta, não queiramos ser céticos e duros de coração e colocarmos inúmeros problemas e dificuldades diante do chamado de Deus para a nossa família e para a nossa comunidade.

Ou será que achamos que José não tinha dúvidas?

Ou será que acreditamos que em Maria tudo foi felicidade?

Sabemos que não foi, mas tudo foi diferente quando prontamente atenderam as ordens do Pai e, mesmo sem as evidências e provas que nós teimamos e costumamos a exigir de Deus, eles confiaram e obedeceram à risca tudo o que lhe foi proposto pelo Senhor, primeiro, pelo conhecimento da Palavra, e depois pelo amor e a fé que tinham em Deus.

Hoje, as “ordens” de Deus nos chegam através das pessoas que nos cercam (família e amigos) e nos orientam (sacerdote e comunidade de fé). Tudo isso nos fala de Deus, portanto, precisamos com muita atenção, sondar os pensamentos que o Espírito Santo nos revela a fim de pôr em prática a vontade do Pai para a nossa vida, e assim, nos tornarmos justos e justas, como José, Maria e Jesus e todos os que nos precederam.

Precisamos crer nos mistérios de nossa fé e nos converter à Palavra do Senhor! Tenhamos um abençoado domingo, na graça de Deus!

slide1 slide2 slide3 slide4 slide5 slide6 slide7 slide8 slide9

Anúncios
Esse post foi publicado em Religião. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s