Liturgia Diária 20/02/17

Liturgia Diária 20/02/17 (Segunda) – Marcos 9, 14-29.

Refletindo a Palavra de Deus hoje para nós, me entristeço e me preocupo com a situação deste episódio e do que acontece conosco nos dias de hoje.

Como aquele pai, sabemos que temos um problema, mas infelizmente não exercitamos e não acreditamos na nossa fé.

O que mais podemos ver hoje, são cristãos vendendo ou oferecendo milagres em sua vida, e outros tantos querendo comprar. O que mais desejamos hoje, são que nossos problemas sejam resolvidos rapidamente, ou que as dificuldades possam ser amenas e que não precisemos nos labutar na Boa Nova de Jesus tanto assim. E não estou dizendo isso de outras igrejas cristãs não viu, estou dizendo de nossas Igrejas Católicas e comunidades. Se não estou feliz em minha comunidade, hoje, é mais fácil mudarmos para uma outra paróquia do que nos entregar ao verdadeiro trabalho que é vivenciarmos a nossa fé em nossa comunidade. Essa é, claramente, a disputa que havia entre os doutores da lei e os discípulos de Jesus.

Os discípulos não conseguiram a cura do menino, pois precisava para isso, de oração, como disse o próprio Jesus. Já os doutores da lei ficavam dizendo, com certeza, que o modo que eles viviam à Lei era a forma correta e não essa que os discípulos apresentavam, pois não conseguiam nem mesmo realizar uma cura. E não é isso que observamos em nossas comunidades hoje? Sejamos sinceros!

E é exatamente neste ponto que Jesus disse aos discípulos, o meu maior temor, pois, nós que trabalhamos na Igreja, que, cada vez menos, eu consigo observar o momento de oração: em nossas reuniões, em nossos encontros e formações, pois para muitos, isso é tempo perdido.

— Em nossas missas, quantas pessoas da “igreja” que não conseguem ficar paradas e participar completa e ativamente da Santa Missa?

— Em nossas formações, quantas pessoas não a vivenciam realmente por acharem que não precisam aprender mais nada?

— Em nossas reuniões, quantos de nós queremos apenas resolver as questões do agora, e nos esquecemos de ler e refletir um pouco a Palavra de Deus, colocando em primeiro lugar, aquilo que nos fortalece e nos dá o discernimento para que, aí sim, possamos resolver os problemas?

O problema daquele jovem, como disse o pai, vem desde a infância, isso quer dizer que, a maioria dos problemas que nos afligem, são pensamentos errados que persistimos em ter conosco, pois, como não nos colocamos em oração e nem refletimos a Palavra de Deus, por conseguinte, não colocamos em prática a nossa Fé, exorcizando os nossos demônios, que nos afastam de Deus, dos nossos irmãos e dos trabalhos em nossa comunidade, fazendo que procuremos saídas mais fáceis e que nos deem menos trabalho.

Que neste dia, possamos ser como aquele menino, que Jesus curou, deu a mão e nos levantou, para que possamos em pé, nos colocar a serviço, aumentando a nossa fé e fortalecendo-nos na oração.

Que sejamos capazes de entender, compreender e vivenciar a pergunta que Jesus nos diz:

“Tens fé!? … Tudo é possível para quem tem fé”.

A nossa resposta deve ser bem parecida com o homem da narrativa desse evangelho: “… Eu tenho fé! Ajude-me a ter mais fé ainda”!

Deus nos concedeu talentos, dons e carismas e dentre eles anunciar a cura ao doente, mas antes disso é preciso semear a Boa Nova, para que ele compreenda de fato de onde vem o poder de mudar sua vida, para mudar a nossa vida.

Por isso, rogo a ti Senhor: eu tenho fé, mas, me ajude a ter mais a fé ainda!

Deus abençoe você! FIQUE NA PAZ DE JESUS!

Um abraço fraterno, e que tenhamos um abençoado dia na graça do Senhor.

Humildemente, seu irmão na Fé, Flávio Eduardo.

slide1 slide2 slide3 slide4 slide5 slide6 slide7 slide8 slide9

Anúncios
Esse post foi publicado em Religião. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s